Quando Procurar um Hematologista 2018-06-29T16:59:16+00:00

Quando Procurar um Hematologista? A hematologia trata-se da ciência ou ramo da medicina voltado aos órgãos formadores de sangue e a fisiologia, patologia, etiologia, diagnóstico, tratamento, prognóstico e prevenção de distúrbios relacionados ao sangue.

Muitas pessoas passam por exames de sangue e doam sangue, mas a hematologia – como é denominado o estudo do sangue – abrange muito mais que isso. O médico hematologista é responsável, inclusive, pelo diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças do sangue.

Quando Procurar um Hematologista

Quando Procurar um Hematologista

O hematologista é o especialista responsável pelo diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças e distúrbios do sangue. Sua especialidade concentra-se também em sistemas imunológicos, hemostáticos (coagulação do sangue) e vasculares.

Os hematologistas são capacitados a identificar a causa de anormalidades presentes na formação do sangue, diagnosticar e tratar diversas doenças e malignidades hematológicas, através de testes laboratoriais e workups.

Quando Procurar um Hematologista – Áreas Especializadas

O médico hematologista é apto a identificar irregularidades de contagem sanguínea – ou seja, a taxa dos glóbulos vermelhos (também denominados hemácias ou eritrócitos) e dos glóbulos brancos (também denominados leucócitos).

Além disso, o especialista identifica também irregularidades plaquetárias e trata órgãos do corpo alimentados por células sanguíneas, incluindo os linfonodos, baço, timo e tecido linfoide.

Os hematologistas trabalham em colaboração mútua com outros especialistas, como os cirurgiões e oncologistas, com objetivo de desenvolver estratégias de tratamento individualizadas para cada paciente e fornecer os tratamentos cirúrgico, quimioterápico e imunoterápico adequados.

A especialidade do médico hematologista também conta com o apoio de técnicos de laboratório, responsáveis pela análise das amostras de tecido e do tecido formador de sangue, onde são identificadas as anormalidades e distúrbios do sangue.

Quando Procurar um Hematologista – Doenças e Distúrbios do Sangue

As doenças e distúrbios do sangue diagnosticados e tratados pelo médico hematologista incluem:

  • Hemofilia;
  • Púrpura trombocitopênica idiopática;
  • Enfermidades malignas hematológicas, como linfoma e leucemia;
  • Hemoglobinopatias;
  • Tromboembolismo arterial;
  • Trombose das veias profundas;
  • Anemia por deficiência de ferro, anemia falciforme e anemia relacionada ao trauma;
  • Policitemia ou excesso de produção de glóbulos vermelhos;
  • Mielofibrose;
  • Doença de Von Willebrand;
  • Síndromes mielodisplásicas;
  • Hemoglobinopatias, como talassemia e doença falciforme;
  • Mieloma múltiplo;
  • Linfomas malignos;
  • Transplante de células-tronco da medula óssea;
  • Transfusão de sangue.

Você Sabe Quando Procurar um Hematologista?

Na maioria das vezes, o paciente é encaminhado para o hematologista após a identificação de alguma alteração em seu sangue, através dos exames de rotina. Conheça a seguir as alterações sanguíneas mais comuns:

  • Contagem Elevada de Glóbulos Brancos

Os glóbulos brancos são a principal “ferramenta” do sistema imunológico no combate de doenças. Uma taxa elevada de glóbulos vermelhos pode ser um alerta de que algo está errado.

  • Hemorragias ou Hematomas Incomuns

O surgimento de hemorragias ou hematomas incomuns, que levam tempo para curar, deve ser devidamente investigado pelo médico hematologista.

  • Diagnóstico de Leucemia (Câncer de Sangue)

O acompanhamento de pacientes diagnosticados com leucemia (câncer de sangue) é realizado exclusivamente pelo hematologista, responsável pela prescrição de todos os medicamentos da quimioterapia e pela realização do transplante de medula óssea, conforme indicação.  

  • Sintomas de Doenças Hematológicas

Diante de anormalidades, sintomas ou diagnósticos relacionados a qualquer uma das doenças do sangue citadas, o hematologista deve ser imediatamente consultado. Somente este especialista poderá prescrever o tratamento adequado para cada distúrbio, de acordo com as especificidades do paciente.