Compartilhe informação:

Distúrbios de Coagulação

Os distúrbios de coagulação (ou distúrbios hemorrágicos) afetam a capacidade do organismo efetivamente formar um coágulo sanguíneo (ou trombo) quando uma lesão ocorre. Tal transtorno pode indicar defeitos ou diminuição dos fatores plaquetários e de coagulação, o que dificulta a formação de coágulos sanguíneos, causando complicações hemorrágicas que variam de leves a intensas.

Distúrbios de Coagulação – O que esse Diagnóstico Significa?

Se você foi diagnosticado com um distúrbio de coagulação, isso pode sinalizar uma coagulação inesperada ou trombose nas veias e artérias. Acontece com maior frequência nas pernas, sendo referido como trombose venosa profunda.

Às vezes, um coágulo pode viajar para o pulmão (embolia pulmonar). Você pode sentir dor ou inchaço nas pernas, falta de ar ou dor no peito.

A Formação de Coágulos Sanguíneos

Quando sofremos uma lesão que origina um sangramento, o corpo cessa este sangramento formando um coágulo de sangue. Proteínas e partículas do sangue chamadas plaquetas se unem para formar o coágulo sanguíneo.

O processo de formação de um coágulo é chamado de coagulação. A coagulação normal é importante durante uma lesão, pois ajuda a interromper o sangramento e inicia o processo de cicatrização.

No entanto, não é normal o sangue coagular quando está apenas se movendo pelo corpo. O sangue que tende a coagular em excesso é referido como um estado de hipercoagulabilidade ou trombofilia.

Tipos de Distúrbios de Coagulação

  • Trombose
  • Sangramentos

Na coagulação do sangue, as plaquetas e as proteínas do  plasma (parte líquida do sangue) trabalham juntas para interromper o sangramento, formando um coágulo sobre a lesão.

Normalmente, o corpo dissolve o coágulo de sangue naturalmente, após a lesão ter cicatrizado. No entanto, pode ser que os coágulos se formem no interior dos vasos sem o surgimento de uma lesão, ou simplesmente não se dissolvam. Essas situações podem ser perigosas, e exigem diagnóstico preciso e tratamento adequado.

Os coágulos podem ocorrer nas veias ou artérias - vasos que fazem parte do sistema circulatório do corpo. Embora ambos ajudem no transporte de sangue por todo o corpo, cada um deles funciona de maneira diferente.

As veias são vasos de baixa pressão, que transportam sangue desoxigenado para longe dos órgãos do corpo e de volta para o coração. Um coágulo anormal que se forma em uma veia pode restringir o retorno do sangue ao coração, resultando em dor e inchaço quando o sangue se acumula atrás do coágulo.

Navegue pelo nosso site para saber mais sobre os distúrbios da coagulação e marque uma consulta conosco para solucionar suas dúvidas. 

HONcode – Dr Marcel
Você sabia que agora o site de hematologia do Dr. Marcel Brunetto está de acordo com as normas e possui[...]
Hemofilia – Saiba Mais
Hemofilia é um distúrbio genético raro que dificulta a coagulação normal do sangue. Se o sangue não coagular normalmente, pode[...]
Conheça os Diferentes Tipos de Trombose
Trombose é a formação de um coágulo sanguíneo dentro do vaso, que pode bloquear ou reduzir o fluxo de sangue.[...]
Plaquetas Baixas no Sangue – Saiba Mais sobre a Trombocitopenia
A trombocitopenia, termo médico para as plaquetas baixas no sangue, é uma condição que ocorre frequentemente como resultado de neoplasias[...]
Apresentação e Abordagem da Doença de Von Willebrand
A doença de von Willebrand é um distúrbio de sangramento, causado por deficiência hereditária da proteína sanguínea fator de von[...]
Trombocitemia Essencial – A Neoplasia das Plaquetas
A trombocitemia essencial consiste basicamente no aumento da concentração de plaquetas no sangue. Trata-se de uma neoplasia sanguínea rara, não[...]

Compartilhe informação: