Leucemia e Dor Óssea. A leucemia é um câncer que pode apresentar uma ampla gama de sintomas. Um dos sintomas mais comuns a serem observados em crianças e adultos é a dor nos ossos e nas articulações.

Neste artigo, saiba mais sobre a dor óssea e quando ela pode estar relacionada à leucemia.

Leucemia e Dor Óssea

Leucemia e Dor Óssea

Quando a medula óssea fica superlotada com células cancerosas, surgem dores nas articulações e nos ossos. Às vezes, as células leucêmicas podem formar uma massa perto dos nervos da medula espinhal ou das articulações.

Ao discutir como é a sensação de dor nos ossos na leucemia, tendemos a lembrar os pacientes de que a dor nos ossos é mais comum em áreas onde há uma grande quantidade de medula óssea. Com leucemia, os pacientes com câncer costumam sentir dores nos quadris, nas pernas e no esterno.

Depois que a dor nos ossos começa, você também pode sentir dores nas articulações e inchaço nas grandes articulações, como ombros e quadris.

Dependendo da área, quando questionados sobre como é a sensação, muitos pacientes mencionam uma dor aguda ou uma constante e surda. Alguns podem pensar que isso se deve à atividade física ou ao trabalho rotineiro.

Outras Causas para a Dor Óssea

A dor óssea pode surgir por diferentes motivos. Ao contrário das dores musculares e articulares, diferentes tipos de dor óssea tendem a persistir mesmo quando você não está se movendo ou colocando pressão sobre o osso.

Antes de chegar à conclusão de que sua dor óssea pode ser por leucemia, é bom observar outros tipos comuns de dor óssea e seus sintomas relacionados.

  • Infecção frequente – A infecção pode causar dor nos ossos, vermelhidão, inchaço e calor no local da infecção. Também pode causar uma diminuição da amplitude de movimento na área infectada, bem como náuseas e falta de apetite.
  • Deficiência Mineral – Se alguém tiver deficiência de minerais, isso pode causar dores nos músculos e tecidos. Também pode causar distúrbios no ciclo do sono, cólicas e sensação de fadiga e fraqueza.
  • Lesões – Lesões no osso causam inchaço, rupturas visíveis e um ruído de trituração no momento da lesão.
  • Osteoporose – A osteoporose é uma condição em que os ossos se tornam quebradiços e fracos. Isso leva a dores nas costas e má postura e uma perda de altura com o tempo.
  • Suprimento de sangue interrompido (para os ossos) – A perda de suprimento de sangue para os ossos pode ser causada por vários motivos – procedimentos médicos, medicamentos, lesões, doenças renais, gota e muito mais. Quando isso acontece, há perda de dor e função nas articulações e uma sensação de fraqueza.
  • Gravidez – Durante a gravidez, a mulher pode sentir dor no osso pélvico. Isso é conhecido como dor da cintura pélvica relacionada à gravidez e inclui rigidez e dor no osso púbico e nas articulações pélvicas.

Quando Procurar Tratamento Médico

Se você ou seu filho estão constantemente reclamando de ossos doloridos ou com dificuldade para andar sem nenhuma lesão conhecida, é importante procurar a ajuda de um profissional médico. Quando você sentir uma dor que não passa ou parece piorar com o tempo, fale com seu médico.

Em adultos, lembre-se de que a dor nos ossos muitas vezes pode ser confundida com artrite – e em crianças, é fácil para os médicos classificá-la como dores do crescimento. Se você estiver experimentando algum dos sintomas abaixo, além da dor óssea, é uma boa ideia realizar um exame de sangue.

  • Facilidade para desenvolvimento de hematoma e sangramento, incluindo hemorragias nasais recorrentes;
  • Anemia;
  • Fadiga persistente;
  • Infecções frequentes ou graves;
  • Febre e calafrios;
  • Perda de peso dramática;
  • Gânglios linfáticos inchados;
  • Fígado dilatado ou baço dilatado;
  • Sudorese intensa, especialmente à noite;
  • Petéquias, uma doença que dissemina pequenas manchas vermelhas em sua pele.

Dor Óssea Após o Diagnóstico

Se você foi diagnosticado com câncer e começou a sentir dor nos ossos depois, não entre em pânico. Isso não significa que o câncer está progredindo ou piorando. Este sintoma pode ser causado pelo próprio tratamento.

Uma boa regra para saber a diferença é que a dor óssea relacionada ao tratamento é geralmente sentida em várias áreas do corpo. A dor da leucemia, no entanto, é mais provável de ser isolada em partes específicas do corpo.

Se você ou seu ente querido estão sentindo dores nos ossos, isso não é algo que deva ser ignorado. A dor óssea em crianças e adultos pode ocorrer por vários motivos. Lembre-se de procurar sintomas adicionais e estar em sintonia com seu corpo, para saber quando algo não está certo.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe informação: