Eventos Cardiovasculares na Policitemia Vera. A policitemia vera é uma forma rara de neoplasia mieloproliferativa crônica, que pode levar a níveis elevados de hemoglobina, hipercoagulabilidade e, consequentemente, a problemas cardiovasculares.

É importante reconhecer a policitemia vera como causa de trombose, que pode se apresentar como infarto agudo do miocardio, acidente vascular cerebral ou outros eventos isquêmicos, e enfatizar o reconhecimento precoce da doença para iniciar estratégias de tratamento adequadas.

Continue a leitura deste artigo para compreender o risco de problemas cardiovasculares em pessoas com policitemia vera e como o acompanhamento de rotina desses pacientes pode ajudar na prevenção.

Eventos Cardiovasculares na Policitemia Vera

Conteúdo do Artigo

Em que Consiste a Policitemia Vera

Recupere a Saúde da sua Medula Óssea!
Agende uma Consulta com Hematologista Hoje.

A policitemia vera (PV) é um distúrbio primário das células-tronco da medula óssea, resultando em superprodução de glóbulos vermelhos e, em menor grau, de neutrófilos e plaquetas.

A idade média do diagnóstico é de 60 anos, embora o distúrbio possa ocorrer em todas as faixas etárias. A PV ocorre com discreta predominância em homens. Pode ser dividida em policitemia primária e secundária de acordo com sua causa:

  • A policitemia primária resulta principalmente do aumento das células progenitoras dos glóbulos vermelhos devido a um defeito celular;
  • A policitemia secundária consiste em um aumento de hemácias devido baixa oxigenação tecidual, secreção fisiologicamente inadequada de eritropoietina e/ou outros fatores contribuintes, por exemplo, obesidade, apneia do sono, hipoventilação, doenças pulmonares obstrutivas crônicas, tabagismo ou uso de diuréticos.

Este distúrbio mieloproliferativo pode ser descoberto incidentalmente após exames de sangue de rotina ou após o paciente apresentar sinais e sintomas relacionados principalmente à trombose e/ou hemorragia. Eventos trombóticos nos sistemas venoso e arterial são comuns.

Entre os fatores que estão envolvidos nos eventos tromboembólicos na PV, podemos destacar:

  • Aumento do hematócrito;
  • Hiperviscosidade sanguínea;
  • Estimulação da agregação plaquetária e trombogênese;
  • Presença de leucocitose.

Eventos Cardiovasculares na Policitemia Vera

O aumento da viscosidade do sangue é uma causa reconhecida de complicação na PV. Quando o hematócrito e a viscosidade do sangue aumentam, o fluxo sanguíneo cerebral diminui. Um segundo mecanismo de ‘microembolia’ cardíaca também foi apoiado por relatos de casos de pacientes com achados de PV e ressonância magnética consistentes com acidente vascular cerebral embólico.

Pacientes com PV também podem apresentar uma variedade de manifestações neurológicas, incluindo dor de cabeça, tontura e fraqueza, devido à diminuição do fluxo sanguíneo cerebral.

Em conclusão, embora relativamente raro, eventos cardiovasculares podem ser uma manifestação inicial da doença mieloproliferativa. É importante manter um alto índice de suspeita de PV, especialmente quando um jovem apresenta infarto do miocárdio ou acidente vascular cerebral na ausência de fatores de risco ateroscleróticos, pois o início do manejo precoce altera o prognóstico do paciente.

Tratamento e Prevenção

Embora o tratamento de AVC agudo devido a PV siga as diretrizes de AVC isquêmico, as diretrizes de AVC da American Heart Association recomendam que também seja realizada a hemodiluição durante o tratamento. Essa é uma consideração importante, pois o fluido intravenoso na fase inicial de um evento vascular cerebral pode melhorar os resultados para pacientes com PV.

Hidratação, flebotomia, antiplaquetários e drogas citorredutoras são muito eficazes no manejo de pacientes com PV e na redução das taxas de AVCs recorrentes.

Pacientes com PV também necessitam de educação sobre a necessidade de adesão ao acompanhamento hematológico. Os pacientes precisam estar cientes de seu risco aumentado de acidente vascular cerebral recorrente, trombose da veia porta e transformação leucêmica e entender a importância da adesão. As consultas com seu médico hematologista de confiança e o tratamento são muito eficazes na redução dos riscos nesses pacientes.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Recupere a Saúde do seu sistema imunológico!
Reserve Agora mesmo a sua Consulta com Hematologista.