Linfoma e Outras Doenças. Algumas doenças podem afetar pessoas de qualquer idade, mas tornam-se mais comuns à medida que envelhecemos. As pessoas mais velhas também são mais propensas do que as pessoas mais jovens a desenvolver câncer, incluindo muitos tipos de linfoma. Isso significa que é comum que as pessoas tenham outra condição de saúde, além do linfoma.

É importante cuidar de suas outras condições de saúde e garantir que você esteja o mais apto possível antes de iniciar o tratamento do linfoma. Continue a leitura para compreender como tratar o linfoma sem esquecer de suas outras condições de saúde.

Linfoma e Outras Doenças

Conteúdo do Artigo

Linfoma e Outras Doenças

Algumas das condições de longo prazo mais comuns em pessoas que também têm linfoma incluem:

  • Pressão alta;
  • Diabetes;
  • Doença cardíaca;
  • Problemas renais;
  • Artrite;
  • HIV;
  • Demência;
  • Problemas de saúde mental.

Tratamento do Linfoma Quando Há Outras Doenças

Cuide das Alterações do seu Sangue.
Marque uma Consulta com o Hematologista Agora.

Ter outra condição médica pode afetar seu tratamento para linfoma. Por exemplo:

  • Algumas doenças podem afetar o funcionamento de órgãos como o coração e os pulmões. Essas doenças podem aumentar o risco de desenvolver efeitos colaterais de alguns tratamentos de linfoma. Se a função do um órgão estiver reduzida, pode ser necessário ajustar as doses do tratamento.
  • Problemas com rins ou fígado podem afetar a forma como o corpo lida com alguns dos medicamentos usados ​​para tratar o linfoma. Isso pode significar que você precisa de diferentes opções de tratamento ou doses mais baixas do tratamento atual.
  • Os medicamentos que você toma para outras condições podem reagir com certos tratamentos de linfoma. Isso pode significar que você precisa de um tratamento diferente ou de uma dose menor de tratamento.
  • Algumas condições podem tornar difícil para você tomar alguns tipos de medicamentos. Por exemplo, você pode não conseguir engolir comprimidos ou abrir frascos de remédios sem ajuda.
  • Outras condições podem afetar o quão bem você é capaz de seguir seu plano de tratamento (por exemplo, se você tiver problemas de concentração ou memória).

Sua equipe médica considera todos esses fatores ao recomendar o tratamento mais adequado para seu linfoma, com a melhor chance de sucesso e o menor número possível de efeitos colaterais ou efeitos de longo prazo em sua saúde.

Antes de decidir sobre a melhor abordagem para você, sua equipe médica pode recomendar que você faça exames extras para descobrir se está apto o suficiente para receber determinados tratamentos. Por exemplo, você pode fazer exames para descobrir como seu coração ou rins estão funcionando.

Tratamento das Outras Doenças Quando Há Linfoma

Informe sua equipe médica sobre quaisquer condições que você tenha e todos os medicamentos que esteja tomando, incluindo vitaminas e suplementos.

Alguns medicamentos podem causar problemas se forem administrados juntos. Se você estiver tomando algum medicamento que possa interferir no tratamento do linfoma, sua equipe médica pode:

  • Sugerir mudar os medicamentos que você costuma tomar;
  • Ajustar a dose dos seus medicamentos;
  • Monitorá-lo cuidadosamente quanto a quaisquer sinais de que seu tratamento para linfoma e seus outros medicamentos possam estar afetando um ao outro.

Alguns tratamentos para linfoma podem piorar suas outras condições de saúde. Isso também pode afetar o tratamento que você está fazendo e pode ser necessário ajustar a dose do tratamento.

Se você estiver sob os cuidados de outro especialista, eles trabalharão com sua equipe de linfoma para garantir que você receba o tratamento mais adequado para seu linfoma e qualquer outra condição que você tenha.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Diga Adeus às suas Dores.
Reserve a sua Consulta de Hematologia.