A anemia hemolítica é uma classe de anemias causadas pela destruição dos glóbulos vermelhos, diminuição dos níveis de hemoglobina e aumento dos esforços da medula óssea para recuperar o nível dessas células. Existem muitos tipos de anemia hemolítica, que podem ser herdadas ou adquiridas.

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre os diferentes tipos de anemia hemolítica.

Conteúdo do Artigo

Tipos de Anemia Hemolítica

Anemias Hemolíticas Herdadas

Um ou mais genes que controlam a produção de glóbulos vermelhos estão defeituosos. Isso pode levar a problemas com a hemoglobina, a membrana celular ou as enzimas que mantêm os glóbulos vermelhos saudáveis.

As células anormais podem ser frágeis e quebrar enquanto se movem pela corrente sanguínea. Se isso acontecer, o baço pode remover os restos celulares da corrente sanguínea.

Anemia Falciforme

Cuide das Alterações do seu Sangue.
Marque uma Consulta com o Hematologista Agora.

Doença hereditária grave. Nesta doença, o corpo produz hemoglobina anormal. Isso faz com que os glóbulos vermelhos tenham o formato de foice.

As células falciformes não duram tanto quanto os glóbulos vermelhos saudáveis. Eles geralmente morrem depois de apenas 10 a 20 dias. A medula óssea não consegue produzir novos glóbulos vermelhos com rapidez suficiente para substituir os que estão morrendo.

Talassemias

Talassemias são doenças sanguíneas hereditárias nas quais o corpo não produz certos tipos de hemoglobina em quantidade suficiente. Isso faz com que o corpo produza menos glóbulos vermelhos saudáveis ​​do que o normal.

Esferocitose Hereditária

Nessa condição, um defeito na cobertura externa dos glóbulos vermelhos faz com que eles tenham um formato esférico. Essas células sanguíneas têm uma vida útil mais curta que o normal.

Eliptocitose Hereditária

Assim como a esferocitose hereditária, essa condição também envolve um problema na membrana celular. Nessa condição, os glóbulos vermelhos têm formato elíptico (oval). Eles não são tão flexíveis quanto os glóbulos vermelhos normais e têm uma vida útil mais curta.

Deficiência de glicose-6-fosfato desidrogenase (G6PD)

Na deficiência de G6PD, se os glóbulos vermelhos entrarem em contato com certas substâncias na corrente sanguínea, a enzima ausente causa a ruptura (explosão) das células e a morte.

Muitos fatores podem desencadear a degradação dos glóbulos vermelhos. Os exemplos incluem tomar sulfas ou medicamentos antimaláricos; exposição ao naftaleno, substância encontrada em algumas bolas de naftalina; comer favas; ou ter uma infecção.

Deficiência de Piruvato Quinase

A falta dessa enzima faz com que os glóbulos vermelhos se quebrem facilmente. Este distúrbio é mais comum entre os Amish do que em outros grupos.

Anemias Hemolíticas Adquiridas

Nas anemias hemolíticas adquiridas, os glóbulos vermelhos podem estar normais. No entanto, alguma outra doença ou fator faz com que o corpo destrua os glóbulos vermelhos e os remova da corrente sanguínea.

A destruição dos glóbulos vermelhos ocorre na corrente sanguínea ou, mais comumente, no baço.

Anemia Hemolítica Imune

Na anemia hemolítica imunológica, o sistema imunológico destrói os glóbulos vermelhos. Os três principais tipos de anemia hemolítica imunológica são:

Anemia Hemolítica Autoimune (AIHA)

Nessa condição, o sistema imunológico produz anticorpos (proteínas) que atacam os glóbulos vermelhos. Por que acontece não é conhecido.

AIHA é responsável por metade de todos os casos de anemia hemolítica. A AIHA pode surgir muito rapidamente e tornar-se grave.

Ter certas doenças ou infecções pode aumentar o risco de AIHA. Exemplos incluem:

A AIHA também pode se desenvolver após um transplante de medula óssea.

Em alguns tipos de AIHA, os anticorpos produzidos pelo corpo são chamados de anticorpos quentes. Isso significa que eles estão ativos (ou seja, destroem os glóbulos vermelhos) em temperaturas quentes, como a temperatura corporal.

Em outros tipos de AIHA, o corpo produz anticorpos reativos ao frio. Esses anticorpos são ativos em temperaturas frias.

Os anticorpos reativos ao frio podem tornar-se ativos quando partes do corpo, como mãos ou pés, são expostas a temperaturas inferiores a 0 a 10 graus Celsius.

AIHA de anticorpos quentes é mais comum do que AIHA de anticorpos frios.

Anemia Hemolítica Aloimune

Este tipo de anemia hemolítica ocorre se o seu corpo produz anticorpos contra os glóbulos vermelhos obtidos em uma transfusão de sangue. Isso pode acontecer se o sangue transfundido for de um tipo sanguíneo diferente do seu sangue.

Este tipo de anemia hemolítica também pode ocorrer durante a gravidez se a mulher tiver sangue Rh negativo e seu bebê tiver sangue Rh positivo.

Anemia Hemolítica Induzida por Medicamentos

Certos medicamentos podem causar uma reação que evolui para anemia hemolítica. Alguns medicamentos, como a penicilina, ligam-se às superfícies dos glóbulos vermelhos e podem causar o desenvolvimento de anticorpos.

Outros medicamentos causam anemia hemolítica de outras maneiras. Exemplos desses medicamentos incluem quimioterapia, paracetamol, quinino e medicamentos antimaláricos, medicamentos antiinflamatórios e levodopa.

Anemias Hemolíticas Mecânicas

Danos físicos às membranas dos glóbulos vermelhos podem fazer com que se quebrem mais rapidamente do que o normal. Os danos podem ser devido a:

  • Alterações nos pequenos vasos sanguíneos;
  • Uma válvula cardíaca artificial ou outro dispositivo usado nos vasos sanguíneos;
  • Hemodiálise;
  • Uma máquina de bypass coração-pulmão, que pode ser usada durante cirurgia de coração aberto;
  • Pré-eclâmpsia ou eclâmpsia;
  • Hipertensão maligna, uma condição na qual a pressão arterial aumenta repentina e rapidamente;
  • Púrpura trombocitopênica trombótica.

Hemoglobinúria Paroxística Noturna

A hemoglobinúria paroxística noturna, ou HPN, é um distúrbio no qual os glóbulos vermelhos apresentam defeito devido à falta de certas proteínas. O corpo destrói essas células mais rapidamente do que o normal.

Pessoas com HPN apresentam risco aumentado de coágulos sanguíneos nas veias e níveis baixos de glóbulos brancos e plaquetas.

Outras Causas

Certas infecções e substâncias também podem danificar os glóbulos vermelhos e causar anemia hemolítica. Os exemplos incluem malária e febre da água negra, doenças transmitidas por carrapatos, veneno de cobra e produtos químicos tóxicos.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Recupere a Saúde do seu sistema imunológico!
Reserve Agora mesmo a sua Consulta com Hematologista.