Como Saber se a Leucemia Está Avançada? A maioria dos cânceres tem o seu estadiamento realizado com base no tamanho e na disseminação dos tumores. No entanto, como a leucemia já ocorre nas células sanguíneas em desenvolvimento na medula óssea, seu estadiamento é um pouco diferente.

Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre o estadiamento das leucemias e como saber quando este tipo de câncer no sangue está avançado.

Conteúdo do Artigo

Como Saber se a Leucemia Está Avançada?

As leucemias crônicas e agudas são doenças distintas e progridem em velocidades diferentes.

As leucemias agudas incluem o tipo que progride mais rapidamente que conhecemos. Os glóbulos brancos no sangue crescem muito rapidamente, em questão de dias a semanas. Às vezes, um paciente com leucemia aguda não apresenta sintomas ou realiza exames de sangue normais algumas semanas ou meses antes do diagnóstico.

Cuide das Alterações do seu Sangue.
Marque uma Consulta com o Hematologista Agora.

Nesses casos, geralmente tentamos remover rapidamente as células anormais do sangue e iniciar a quimioterapia para começar a matá-las o mais rápido possível.

Ao contrário da leucemia aguda, a leucemia crônica se desenvolve lentamente. Pode levar meses ou vários anos até que a doença comece a causar sintomas que alertam o paciente de que algo está errado. É comum que a condição seja detectada pela primeira vez no exame de sangue quando um paciente vai ao médico para um check-up regular.

Com o adiamento de consultas médicas por vários anos, a doença pode não ser detectada por um longo período de tempo, e as células anormais podem se acumular e causar um aumento do baço.

O que Influencia o Estadiamento da Leucemia

Os estágios da leucemia são frequentemente caracterizados pela contagem de células sanguíneas e pelo acúmulo de células de leucemia em outros órgãos, como o fígado ou o baço.

Os fatores que afetam o estadiamento e o prognóstico da leucemia incluem:

  • Contagem de glóbulos brancos ou plaquetas (Compreenda o Hemograma e a contagem dessas células sanguíneas);
  • Idade (idade avançada pode afetar negativamente o prognóstico);
  • História de distúrbios sanguíneos anteriores;
  • Mutações ou anormalidades cromossômicas;
  • Lesão óssea;
  • Fígado ou baço aumentado.

Um sistema de estadiamento numerado é usado para descrever a maioria dos tipos de câncer e sua disseminação por todo o corpo. Normalmente, o tamanho do tumor e a disseminação do câncer são avaliados e um estágio é atribuído.

Estadiamento dos Diferentes Tipos de Leucemia

Cada um dos tipos de leucemia tem seu estadiamento realizado usando um sistema exclusivo. Veja a seguir:

  • Leucemia linfocítica aguda – com base no tipo de linfócito e na maturidade das células;
  • Leucemia mieloide aguda – usando o sistema franco-americano-britânico (FAB), que leva em consideração o número de células sanguíneas saudáveis, o tamanho e o número de células leucêmicas, as alterações nos cromossomos das células leucêmicas e outras anormalidades genéticas;
  • Leucemia linfocítica crônica – usando o sistema RAI, que considera três fatores principais: o número de linfócitos no sangue; o grau de aumento de linfonodos, baço ou fígado e a presença de anemia ou trombocitopenia;
  • Leucemia mieloide crônica – Estadiada com base no número de células doentes encontradas nos exames de sangue e medula óssea.

Os estágios da leucemia geralmente se relacionam ao prognóstico do paciente, principalmente porque os pacientes diagnosticados em estágios iniciais tendem a ter melhores resultados.

No entanto, o estágio da doença por si só não pode prever o resultado de um paciente com algum grau de certeza. Além disso, existe uma ampla gama de resultados para pacientes com o mesmo estágio de leucemia.

Se você recebeu um diagnóstico de leucemia, provavelmente está se sentindo extremamente sobrecarregado. A coisa mais importante que você pode fazer é procurar um médico hematologista, que é o especialista em leucemia. Ele será capaz de responder às suas preocupações e fornecer informações críticas sobre os próximos passos a serem seguidos.

Mais informações sobre este assunto na Internet:

Artigo Publicado em: 6 de dezembro de 2019 e Atualizado em: 01 de dezembro de 2023

Recupere a Saúde do seu sistema imunológico!
Reserve Agora mesmo a sua Consulta com Hematologista.