Os cuidados paliativos são cuidados médicos especializados para pessoas que enfrentam doenças graves. A equipe de cuidados paliativos alivia os sintomas, a dor e o estresse de uma doença grave como leucemia ou linfoma. O objetivo é melhorar a qualidade de vida para você e sua família.

Neste artigo, compreenda em que consiste este tipo de cuidados e como eles ajudam na qualidade de vida do paciente.

Cuidados Paliativos

Compreendendo os Cuidados Paliativos

Os cuidados paliativos são fornecidos por uma equipe especialmente treinada de médicos, enfermeiras e outros especialistas que trabalham junto com seus outros médicos para fornecer uma camada extra de apoio. É apropriado em qualquer idade e em qualquer estágio de sua doença. Você pode fazer isso junto com um tratamento curativo.

Eles não apenas ajudam a aliviar os seus sintomas, mas os especialistas em cuidados paliativos também o ajudam a compreender informações médicas complexas. Eles passam tempo com você para ajudá-lo a combinar suas opções de tratamento com suas necessidades e objetivos. De todas as maneiras, sua equipe de cuidados ajuda você a lidar melhor com os desafios da leucemia ou linfoma.

Diferença entre Cuidados Paliativos e Cuidados ao Fim da Vida

Cuidados Paliativos devem ser aplicados ao paciente de forma contínua, juntamente com outros tratamentos pertinentes ao seu caso, a partir do diagnóstico de uma doença progressiva.

Os Cuidados ao Fim da Vida são uma parte importante dos Cuidados Paliativos, referindo-se à assistência que um paciente recebe durante a última etapa de sua vida, a partir do momento em que fica claro que ele se encontra em um estado de declínio progressivo, aproximando-se da morte. O objetivo é ajudá-lo a se sentir melhor quando a cura não for possível.

Eles podem fazer as pessoas se sentirem muito melhor quando os tratamentos agressivos são interrompidos e os sintomas são tratados de forma mais agressiva. A maioria das pessoas se sente melhor e pode viver mais quando inicia os cuidados paliativos mais cedo.

Esta abordagem pode ajudar as pessoas a alcançar seus objetivos pessoais, como passar menos tempo no consultório médico e mais tempo com seus entes queridos.

Benefícios no Tratamento da Leucemia e do Linfoma

Os sintomas da leucemia e do linfoma podem incluir:

  • Fadiga ou baixa energia;
  • Ferimentos e hematomas que demoram muito para cicatrizar;
  • Hemorragia, mesmo em feridas leves;
  • Sangramento nasal frequente;
  • Febre ou suores noturnos;
  • Infecções frequentes difíceis de combater;
  • Perda de peso inexplicada;
  • Ossos e articulações doloridos.

Os sintomas da leucemia e do linfoma também podem incluir depressão e ansiedade.

As formas agudas de leucemia podem aparecer repentinamente e exigir decisões urgentes sobre se deve ou não prosseguir com o tratamento. Tomar essas decisões sobre o tratamento da leucemia e do linfoma sob pressão de tempo pode ser estressante para você e sua família.

Trabalhando em estreita parceria com seu médico principal, sua equipe de cuidados paliativos pode ajudá-lo a resolver questões médicas atuais e questões práticas, bem como as escolhas difíceis que estão por vir.

Às vezes, medicamentos fortes são necessários para destruir as células cancerosas, mas podem causar efeitos colaterais por todo o corpo. A quimioterapia, especialmente as formas agressivas usadas para combater a leucemia aguda e o linfoma, pode ter muitos efeitos negativos. Náuseas e vômitos, perda de cabelo, fadiga e desconforto geral são comuns.

Esses tratamentos médicos agressivos exigem cuidados igualmente agressivos. Os tratamentos fornecidos pela sua equipe de cuidados paliativos podem ajudá-lo a tolerar os efeitos colaterais do tratamento da leucemia e do linfoma.

Perder peso é outro sintoma comum de leucemia e linfoma, mas sua equipe de cuidados paliativos sabe o que fazer. Sua equipe de cuidados paliativos também o ajudará a lidar com outras complicações, como sangramento e infecção.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Compartilhe informação: