Compartilhe informação:

Os distúrbios sanguíneos têm potencial de impactar a saúde total dos pacientes afetados. Por isso, é importante que você conheça as doenças no sangue mais comuns e de que forma elas podem afetá-lo.

As doenças no sangue podem ser hereditárias ou adquiridas ao longo da vida; elas podem surgir tanto nos próprios componentes sanguíneos quanto nos processos relacionados à formação das células sanguíneas.

Conheça as Doenças no Sangue

Existe uma variedade de doenças que atingem o sangue. As disfunções sanguíneas mais comuns incluem: anemia, distúrbios hemorrágicos (como a hemofilia, por exemplo), coágulos sanguíneos e os cânceres no sangue (leucemia, linfoma e mieloma).

Disfunções da Coagulação Sanguínea

A coagulação excessiva do sangue pode gerar complicações como embolia pulmonar e parada cardíaca.

Leucemia

A leucemia caracteriza-se pela presença excessiva de leucócitos (glóbulos brancos) no sangue. Existem diversas formas de leucemia, algumas agudas, outras crônicas; algumas afetam mais as crianças, outras, os adultos.

Felizmente, hoje em dia, 50% dos pacientes de leucemia conseguem se restabelecer graças à combinação de quimioterapia com um transplante de medula óssea.

Hematocitose

A hematocitose ou poliglobulia carateriza-se pela presença excessiva de hemácias (glóbulos vermelhos) no sangue, responsável pelo aumento do volume sanguíneo. Assim, o sangue torna-se com uma maior tendência à coagulação.

Anemia Falciforme

A anemia falciforme trata-se de uma doença hereditária caracterizada pela presença anormal de glóbulos vermelhos no sangue. A condição é ocasionada por um gene recessivo e incide predominantemente sobre a população negra.Alterações dos Glóbulos Brancos

A redução do número de glóbulos brancos gera uma predisposição a determinadas infecções. Quando a doença é isolada, recebe a denominação de neutropenia, mas pode vir acompanhada também de alterações nas hemácias.

Anemias por Deficiência de Hemoglobina

Existe uma série de gêneros de anemia, mas todos têm uma característica em comum: a deficiência de hemoglobina. A anemia mais comum é decorrente da carência de ferro, em alguns casos devido à carências alimentares, em outros devido à hemorragia.

Já a anemia perniciosa é resultado da deficiência de vitamina B12 decorrente do mau funcionamento do intestino, que torna-se incapaz de absorver a substância.

A anemia nutritiva por deficiência de ácido fólico acomete sobretudo alcoólatras, pessoas de terceira idade ou que enfrentam problemas com a alimentação.

Anemias Hemolíticas

A anemia hemolítica resulta de uma redução significativa do período vital das hemácias (glóbulos vermelhos). Geralmente este tipo de anemia possui causas hereditárias: deve-se a um defeito genético que altera o metabolismo e a estrutura dos glóbulos vermelhos.

Hemofilia

A hemofilia trata-se de uma doença hereditária que manifesta-se, sobretudo, entre a comunidade masculina. A doença ocorre devido à carência de tromboquinase, uma das enzimas responsáveis pela coagulação do sangue.

A deficiência no processo de coagulação faz com que qualquer ferida, por menor que seja, provoque uma grave hemorragia. Atualmente, graças aos avanços na área de hematologia, é possível controlar com eficácia a maioria dos casos de hemofilia.

Talassemia

A talassemia trata-se também de uma doença hereditária, provocada por uma alteração na produção de hemoglobina. A incidência da doença se dá, sobretudo, nos povos mediterrâneos.

Principais Sintomas das Doenças no Sangue

Os principais sintomas das doenças no sangue incluem:

Alterações na cor da pele (o paciente pode adquirir uma tonalidade pálida, avermelhada ou amarelada na pele);
Maior viscosidade do sangue;
Fadiga e falta de fôlego;
Perdas de sangue excessivas;
Hematomas;
Surgimento de pequenas manchas vermelhas na pele;
Inchaço e dores nas articulações;
Predisposição para determinadas infecções.

Doenças no Sangue – Buscando Ajuda Médica

O especialista responsável pelo diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças e anormalidades no sangue é o médico hematologista.

Se você identificou a presença de um ou mais dos sintomas citados e acredita que pode ter uma doença do sangue, consulte um hematologista o quanto antes. O diagnóstico precoce é determinante na eficácia do tratamento das doenças no sangue.


Compartilhe informação: